Características das lesões na NMOSD-AQP4+, MOG-IgG+ e Esclerose Múltipla.

Trouxe um excelente artigo da neurorradiologia da Santa Casa de São Paulo. Quem ainda não leu, não sabe o que está perdendo. Parabéns aos autores do trabalho!..Baseado na última tabela do estudo, fiz um vídeo-resumo enfatizando as principais características das lesões na NMOSD-AQP4+, MOG-IgG+ e Esclerose Múltipla. Espero que gostem…SalveCurtaCompartilhe..Referência:RadioGraphics 2018; 38:169–193https://doi.org/10.1148/rg.2018170141..#neuroskull #neurorradiologia #neurologia #neuroimunologia

Síndrome da Área Postrema: NMOSD.

Lembro-me como se fosse hoje. Meu primeiro paciente da enfermaria da residência de neuro no #iamspe era um caso clássico de síndrome da área postrema. De livro! Como não lembrar?Friozinho na barriga por passar o primeiro caso na visita clínica, ainda mais sabendo que o chefe(preceptor) era especialista em doenças desmielinizantes. Agradecimento especial ao meuContinuar lendo “Síndrome da Área Postrema: NMOSD.”

Neurite óptica( vídeo-aula)

Vamos abordar sobre uma das neuropatias ópticas inflamatórias mais comuns: a neurite óptica. . Fizemos um resumo da neurite óptica típica ,cujo o carro-chefe é a Esclerose Múltipla, que pode ter como manifestação clínica inicial a neurite óptica…siga @neuro.skull . Referências:-CONTINUUM (MINNEAP MINN) 2019;25(5, NEURO-OPHTHALMOLOGY):..Alguém mais curte Neuroimuno? Já viram algum caso de neurite óptica no prontoContinuar lendo “Neurite óptica( vídeo-aula)”

Fatores de Risco para Esclerose Múltipla Agressiva: Risk Factors for Aggressive Multiple Sclerosis

✍🏻Referência: ✍🏻Multiple Sclerosis and other CNS Inflammatory Diseases p. 689-714June 2019, Vol.25, No.3doi: 10.1212/CON.0000000000000731 #neurology#neurologia#neurología#medicina#esclerosemultipla#multiplesclerosis#medicine#neuroimunologia