Sinal de Romberg: Não cometa este erro!

Vamos utilizar o Sinal de Romberg da forma para o qual foi descrito. Fica a dica!

Veja a descrição de um clássico livro de Exame Neurológico ( Dejong)

“Com frequência, o sinal de Romberg é mal compreendido e mal interpretado. O achado essencial é a diferença entre o equilíbrio de pé com os olhos abertos e fechados. Para avaliar essa função, é preciso que o paciente tenha uma postura estável com os olhos abertos e diminuição do equilíbrio com os olhos fechados, quando os impulsos visuais são eliminados e o paciente depende da propriocepção para manter o equilíbrio. Romberg descreveu esse sinal em pacientes com tabes dorsalis e acreditava que fosse patognomônico.”

Referências:
-DeJong O Exame Neurológico
-Carlos Roberto Martins et al. Semiologia Neurológica
-Vídeo do teste romberg disponível publicamente no youtube.

Publicado por Neuroskull(Dr.André Vidal)

Este é o NeuroSkull , o site de educação em Neurologia. Dr.André Vidal Especialista em Neurologia pelo Hospital do Servidor de São Paulo( IAMSPE); Membro titular da ABN; CRM-SP 178360; RQE 79163.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: