O efeito do Yoga como terapia complementar ao tratamento padrão da Migrânea

Qual a importância do tema?

A migrânea( enxaqueca) é  um dos tipos de cefaleia primária mais incapacitante, afetando aproximadamente 13% da população mundial. Trata-se de um distúrbio neurológico com importante impacto na qualidade de vida , prejuízo nas atividades laborais e causa frequente de absenteísmo.

A terapia medicamentosa é a primeira linha para tratamento da enxaqueca, porém apenas metade dos pacientes apresenta resposta clínica significativa. Adicionalmente, até 10% dos pacientes descontinuam as medicações devido aos efeitos adversos, 1% a 2% estão insatisfeitos com tratamento atual.

Atualmente, o Yoga  cresce em popularidade em todo mundo e demonstrou ter efeitos benéficos em pacientes com enxaqueca em relação a diminuição da frequência, intensidade e duração da cefaleia.

Será que o yoga como terapia adjuvante (complementar) no manejo clínico da enxaqueca é superior ao tratamento medicamentoso isolado?

Com intuito de suscitar potenciais efeitos do yoga como terapia adjuvante em pacientes com migranea (enxaqueca) episódica, pesquisadores conduziram estudo prospectivo, randomizado, open-label, em um único hospital terciário em Nova Délhi, na Índia, entre abril 2017 e agosto de 2018.

O estudo foi intitulado Effect Of Yoga As Add On Therapy In Migraine: (CONTAIN) A Randomized Controlled Study (Clinicaltrials.gov identifier CTRI/2017/03/008041)

Qual objetivo do estudo CONTAIN ?

-Avaliar a eficácia do Yoga como terapia adjuvante ao manejo médico convencional (medicamentoso) sobre os desfechos clínicos ( clinical outcomes) dos pacientes com enxaqueca.

Quais os métodos utilizados?

Critérios de inclusão: pacientes com diagnóstico de migrânea episódica com ou sem aura (critérios ICHD-III-beta 2013 ) , com idade entre 18 e 50 anos.

-Entre abril 2017 e 2018: 160 pacientes foram aleatoriamente randomizados em dois grupos(1:1):

  • Grupo de terapia medicamentosa isolada
  • Grupo de tratamento medicamentoso com Yoga

-114 completaram o estudo, sendo 57 em cada grupo.

Os pacientes do grupo de intervenção em yoga participaram de sessões de Yoga pré-projetada, realizadas por 3 meses.

-O  grupo de Yoga participou de três sessões semanais de 1 hora na instituição durante o primeiro mês, facilitadas por um terapeuta de yoga qualificado.

– Isto foi seguido por cinco sessões semanais em casa pelos 2 meses seguintes. Os participantes receberam um livreto contendo os detalhes da prática e mantiveram um registro de Yoga

-Os pacientes também preenchiam um diário da cefaleia, que incluía as características da dor de cabeça e medicamentos utilizados. A severidade da dor de cabeça foi avaliada através da Escala Analógica Visual; o Migraine Disability Assessment questionnaire (MIDAS) e o Headache Impact Test (HIT)-6 foram utilizados ​para documentar alterações incapacitantes específicas da cefaleia

Endpoit primário: Mudança da frequência e intensidade da cefaleia e o impacto no Headach Impact Test (HIT)-6 score.

Endpoit secundário: alteração no escore Migraine Disability Assessment questionnaire (MIDAS); score de medicação avaliado pela contagem de comprimidos analgésicos e profilática; proporção dos pacientes com dias sem cefaleia.

Tamanho total da amostra:160

Quais foram os resultados obtidos no estudo?

-Em 3 meses de follow-up, os pacientes do grupo de Yoga apresentaram melhores resultados em todas as medidas comparados ao grupo de terapia medicamentosa isolada:

  • Frequência da cefaleia (4.41 ±3.99 vs 0.89 ±2.27; P < .001)
  • Intensidade da cefaleia (2.61 ±2.45 vs 1.31 ±2.05; P < .001)
  • HIT score (12.76 ±12.04 vs 4.76 ±8.23; P < .001)
  • rescue pill count (3.11 ±4.62 vs 0.83 ±3.06; P < .001)
  • MIDAS score (16.7 ±13.45 vs 11.5 ±10.10; P = .006)

-Conclusão: Yoga como terapia completar para migrânea é superior à terapia medicamentosa isolada. A utilização de uma terapia com bom custo-benefício como Yoga é útil para manejo da enxaqueca.

Qual efeito do Yoga segundo as evidências científicas?

Os autores do artigo acreditam que haja uma explicação plausível para resultados encontrados no estudo. Acredita-se que os efeitos positivos do Yoga podem estar relacionados a efeitos multidimensionais em mecanismos centrais, periféricos, autonômicos em relação a geração e disseminação da dor.

Segundo Sharma , em relação ao alívio da dor ,o Yoga proporciona liberação de endorfinas , opíóides endógenos e diminui a substância P periférica, por sua vez diminui a dor e produz a sensação de bem estar.

Outros benefícios potenciais do Yoga para pacientes com enxaqueca incluem um aumento no impulso parassimpático e supressão dos sistemas de resposta ao estresse. A prática também pode reduzir a tensão muscular nas áreas da cabeça, pescoço, ombros e  músculos temporais.

Limitações do estudo:

Apesar de ser um dos maiores trials realizados neste assunto até então( maio 2020), a amostra do estudo é limitada ( n:114), além do estudo não ser multicêntrico;

-A ausência de cegamento, principalmente quando não pode ser aplicado, pode influenciar diretamente o resultado do estudo;

Classification of evidence: This study provides Class III evidence that for patients with episodic migraine, yoga as adjuvant to medical therapy improves headache frequency, intensity, impact, and disability.

Referências:

Effect of yoga as add-on therapy in migraine (CONTAIN)A randomized clinical trial.Anand Kumar, Rohit Bhatia, Gautam Sharma, Dhanlika Dhanlika, Sreenivas Vishnubhatla, Rajesh Kumar Singh, Deepa Dash, Manjari Tripathi, M.V. Padma Srivastava

Neurology May 2020, 10.1212/WNL.0000000000009473; DOI: 10.1212/WNL.0000000000009473

https://www.medscape.com/viewarticle/930277

Publicado por Neuroskull(Dr.André Vidal)

Este é o NeuroSkull , o site de educação em Neurologia. Dr.André Vidal Especialista em Neurologia pelo Hospital do Servidor de São Paulo( IAMSPE); Membro titular da ABN; CRM-SP 178360; RQE 79163.

2 comentários em “O efeito do Yoga como terapia complementar ao tratamento padrão da Migrânea

  1. Achei muito interessante ter um conhecimento neurológco com embasamento científico dos efeitos positivos da ioga no tratamento da enxaqueca da forma migranea.
    Parabéns ao Dr Andrė pela sua contribuição !!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: