Revisão de anatomia da ponte

Vamos Lá!.
.
.Qual a estrutura A? Em uma lesão dessa estrutura, qual alteração neurológica evidenciada no exame?
.R= Fibras do trato corticoespinhal.Hemiparesia contralateral (poupando face) com sinais de liberação piramidal.
.
.Qual a estrutura B? Qual seria a clínica em uma lesão dessa estrutura?
.R=Leminisco Medial. Perda contralateral dos sentidos posicional(anartrestesia) e vibratório(hipopalestesia).
.
.Qual a estrutura C? Qual alteração neurológica evidenciada quando há lesão dessa estrutura?
.R= Núcleo do abducente. Incapacidade de mover os olhos de modo conjugado para o lado ipsilateral(o olhar se desvia em direção oposta à lesão).
.
.Qual estrutura D? A lesão dessa estrutura causa lesão do tipo central ou periférica?.
.R= núcleo do facial. Paralisia facial tipo periférica ipsilateral.
.
.Qual estrutura E e F?Como identificar no exame neurológico as alterações dessas estruturas?
.R=núcleo motor do trigêmeo e núcleo sensitivo principal do trigêmeo.Fraqueza da musculatura mastigatória ipsilateral e desvio de mandíbula ipsilateral à lesão . Diminuição da sensibilidade tátil e proprioceptiva em hemiface ipsilateral.
.
.Qual estrutura G? Qual alteração neurológica evidenciada que indica lesão dessa estrutura?
.R=Sistema anterolateral( trato espinotalâmico). Hemi-hipoestesia para dor e temperatura contralateral.
.
.Referência:Duane E.Haines.Neuroanatomy Atlas In Clinical Context.


.🗣Marque seu amigo que está em casa e que precisa estudar neuroanato.😅
.
.
#neuroanatomia #neurologia #medicina #ficaemcasa #estudesempre

View this post on Instagram

🤓😷Neste período de pandemia do COVID-19 em que temos que ficar casa,que tal deixar seus estudos em neuroanatomia em dia?🧐 .Vamos Lá!. . .Qual a estrutura A? Em uma lesão dessa estrutura, qual alteração neurológica evidenciada no exame? .R= Fibras do trato corticoespinhal.Hemiparesia contralateral (poupando face) com sinais de liberação piramidal. . .Qual a estrutura B? Qual seria a clínica em uma lesão dessa estrutura? .R=Leminisco Medial. Perda contralateral dos sentidos posicional(anartrestesia) e vibratório(hipopalestesia). . .Qual a estrutura C? Qual alteração neurológica evidenciada quando há lesão dessa estrutura? .R= Núcleo do abducente. Incapacidade de mover os olhos de modo conjugado para o lado ipsilateral(o olhar se desvia em direção oposta à lesão). . .Qual estrutura D? A lesão dessa estrutura causa lesão do tipo central ou periférica?. .R= núcleo do facial. Paralisia facial tipo periférica ipsilateral. . .Qual estrutura E e F?Como identificar no exame neurológico as alterações dessas estruturas? .R=núcleo motor do trigêmeo e núcleo sensitivo principal do trigêmeo.Fraqueza da musculatura mastigatória ipsilateral e desvio de mandíbula ipsilateral à lesão . Diminuição da sensibilidade tátil e proprioceptiva em hemiface ipsilateral. . .Qual estrutura G? Qual alteração neurológica evidenciada que indica lesão dessa estrutura? .R=Sistema anterolateral( trato espinotalâmico). Hemi-hipoestesia para dor e temperatura contralateral. . . .🗣Marque seu amigo que está em casa e que precisa estudar neuroanato.😅 . . #neuroanatomia #neurologia #medicina #ficaemcasa #estudesempre

A post shared by Neuro.Skull-Dr.André Vidal (@neuro.skull) on

Publicado por Neuroskull(Dr.André Vidal)

Este é o NeuroSkull , o site de educação em Neurologia. Dr.André Vidal Especialista em Neurologia pelo Hospital do Servidor de São Paulo( IAMSPE); Membro titular da ABN; CRM-SP 178360; RQE 79163.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: